domingo, 22 de março de 2009

Surfaces e PTFE

Teflon é uma marca registrada de propriedade da empresa estadunidense DuPont, conhecida mundialmente e que identifica um polímero , o PoliTetraFluorEtileno ( PTFE ). Descoberto acidentalmente por Roy J. Plunkett (1910-1994) para a empresa DuPont, em 1938 e apresentado, para fins comerciais, em 1946, o PTFE é um polímero similar ao polietileno, onde os átomos de hidrogênio estão substituidos por fluor.

A fórmula química do monômero, o tetrafluoretileno, é CF2=CF2, e o polímero -(CF2-CF2)n-

A marca teflon® engloba ainda outras resinas derivadas do PTFE, tais como a resina PFA ( perfluoroalcóixido), a resina FEP ( etileno propileno fluorado ) e a resina ETFE ( etil tri fluor etileno ).

A principal virtude deste material é que uma substância praticamente inerte, não reage com outras substâncias químicas exceto em situações muito especiais. Isto se deve basicamente a proteção dos átomos de fluor sobre a cadeia carbônica. Esta carência de reatividade permite que sua toxicidade seja praticamente nula sendo, também, o material com o mais baixo coeficiente de atrito conhecido. Outra qualidade característica é sua impermeabilidade mantendo, portanto, suas qualidades em ambientes úmidos. Por estas características especiais, além da baixa aderência e aceitabilidade ótima pelo corpo humano, ele é usado em diversos tipos de prótese.

Teflon® é marca registrada da DuPont

Fonte Pesquisada: Wikipédia

Este Post é por causa de uma discussão que eu vi em alguma comunidade do Orkut sobre Surfaces sempre Expelirem.

Piercers, vamos nos pronunciar mais...
A discuçao entre a gente é sempre a mesma, "Piercing é pouco aceito e muito discriminado por falta de informação".
Mas nós que temos essas informações, as vezes, deixamos discussões como esta se prolongarem...

Eu acho que a Atuação de maus Profissionais é muito culpa nossa, de alguns de nós pelo menos... Quanto mais informação a gente passa, menos os nossos clientes vão procurar profissionais desqualificados, pois com informações suficientes eles vão procurar Profissionais competentes, e menos discussõies como essa vão existir e menos coisas absurdas serão passadas adiante...

Eu não sou a pessoa mais indicada pra falar nesse assunto, até porque eu não faço Surface, só Piercing Básico mesmo, mas eu tenho um certo conhecimento, que adquiri graças a minha curiosidade, e me sinto na obrigação de repassar...

Isso de dizer que depende SÓ do organismo da pessoa não é correto não, claro que assim como qualquer Piercing, vai depender do organismo da pessoa sim, mas não é só isso... o Surface é um pouco mais complicadinho que Piercing Básico, e outros fatores influênciam, e muito, a cicatrização de um Surface, segue os fatores mais influentes...(Eu digo isso baseado em algumas pesquisas e conversas que tive com outros Profissionais)

* Profissional qualificado e com expeciência em Surface;
* O Modelo da Jóia, que deve se acomodar na anatomia do local a ser aplicado, para cada local e situação, deve ser usada uma jóia especifica;
* Material da Jóia, que vai depender bastante do local, mas em termos gerais, o PTFE (Politetrafluoretileno) é o mais indicado por uma série de fatores como: o menor coeficinênte de atrito, ser uma substância praticamente inerte, impermeabilidade, baixa aderência, ótima aceitabilidade pelo corpo humano e a maleabilidade do material que se adapta muito bem aos movimentos e anatomia;
* O Local da aplicação, certamente um local com menos movimento e menos chances de impacto ajudam na cicatrização;
* Cuidados do cliente, não adiante o profissional fazer um bom trabalho se a pessoa não cuidar do Piercing durante a cicatrização;
* A Aplicação em si, existem várias técnicas de perfuração corporal, cabe a cada profissional ver com qual delas ele se adapta melhor, e claro, levar em conta cada situação para escolher a melhor forma de aplicação;

Um Surface bem feito, com a Jóia certa e os cuidados corretos, não vai expelir...

Procurem sempre um profissional com referências, eu mesmo ja recusei muitos trampos de Surface, porque não me acho qualificado pra isso ainda...

Espero ter ajudado, e espero que nós, Piercers, consigamos superar essa dificuldade de repassar informação...

2 comentários:

Brutal_artisT disse...

acho que os maiores problemas do surface são dois: o fabricante da jóia e o piercer!
o primeiro, porque, para economizar, vende a jóia com haste de nylon como se fosse "silicone colorido"; o segundo porque não sabe diferencia nylon de ptfe nem de silicone!
no próprio estúdio onde eu trabalhava acho que o tempo que passei explicando a diferença de ptfe pra silicone foi maior q o tempo q me tomou para ministrar um curso de body piercing em si!... falta, na maioria dos piercers, infelizmente, humildade para procurar informações que ele não conhece, mas é muito mais prático deduzir já q seja qual for a sua explicação para o cliente ela provavelmente será aceita...
já o que leva a um fabricante vender fio de nylon 1.6mm para aplicação de surfacing deve ser picaretisse mesmo... :/

BATHORYsoul disse...

concordo com o comentário acima... tem mto picareta no mercado vendendo gato por lebre... eu mesma jah comprei o metro do ptfe e qdo chegou pra mim eu vi que era nylon...nunca mais consegui encontrar o vendedor e tive que simplesmente jogar fora o material...
Qdo tenho algum surface pra colocar fabrico a jóia ja com as medidas da pessoa... o que diminui os riscos de expelir... mas não so o material e o profissional são determinantes na "fixação" da jóia... coloquei um surface entre os seios... com a profissional acima ;), material adequado e a porcaria simplesmente não fica... pq a anatomia do meu corpo não ajuda mto (seios grandes, peso que repuxa a jóia)...
e como vc disse, os profissionais devem sim explicar mais...